Shania Twain

terça-feira, setembro 19, 2006

Relembrando os velhos tempos do 3D

Olá pessoal!

Geralmente quando se diz "3D", refere-se a novidades ou coisas inovadoras e afins, mas nesta postagem vou, além de apresentar novos wallpapers, relembrar os velhos tempos em que eu fazia papéis de parede em um programinha 3D, o Now3D - que ainda é meu único programa 3D. Tempos anteriores até ao "by Paulo Twain"...
Modelar coisas em 3D é simples, escolher cores ou fotos também; já configurar os efeitos e como estas coisas irão aparecer e interagir com o meio se torna o verdadeiro problema. No meu primeiro trabalho em 3D, usei poucas coisas e a arte final ficou legal e um tanto real. Já no segundo, vários problemas se fazem notar: reflexos errados e irreais; o quadrado que fazia a luz desfocada na caixa preta pode ser visto na esfera espelhada - que vergonha do meu amadorismo! huahua. Mas a habilidade vem com o tempo e mesmo o quarto tendo seus problemas, posso garantir que desta vez meus novos walls 3D não serão poços de horrores utópicos de 3D. Estes novos, inspirados também neste outro wall - que não foi feito em 3D - , são mais acabados e são apenas versões de uma mesma cena. O primeiro - o certinho - demorou umas 2h pra ser renderizado, enquanto o segundo - o despojado, com uma perspectiva de lente 20mm e desfoque 3D - levou impressionantes 4h. Ufa!
Espero que gostem do resultado final, que vocês podem ver parte abaixo e parte clicando no link depois deste (é pra provocar surpresa mesmo). Só pra constar: abaixo se vê o "certinho".


E aqui o despojado

Quero saber qual dos dois vocês acham que ficou mais real...

Abraços.

8 comentário (s):

Je@n C@rlo Tw@in disse...

MUITO INTERESSANTES ESTES RECURSOS Q VC USOU PRA FAZER OS WALLS. RESPONDENDO A SUA PERGUNTA EU GOSTEI MAIS DO 1º WALL, O Q VC DENOMINOU DE "O CERTINHO" ACHO Q FICOU MAIS PRÓXIMO DA REALIDADE. ABRAÇOS E T+

Paulo Twain disse...

Valeu Jean! Que bom que gostou.

Abraços

Shaniamutt disse...

Uauuuu, adorei esse wall, fiquei emocionada, vc é um artista, parabéns Paulo (amore)!
Bjussss.

Polly disse...

Parabéns Psulo, vc é fera! Mas disso, vc já sabia, né? Hehehe.
Bjão

Paulo Twain disse...

Valeu meninas... mas não responderam minha pergunta. Isso seria um "Nenhum ficou nem um pouco real."?

Érica se omite...
Hum.. estou intrigado... será que ficou tão "falso" assim? huhauahu.

Polly disse...

Oi Paulo, se não se importa, gostaria que me respondesse,pode ser que minha pergunta soe um tanto qto estúpida prá vc, mas vc sabe que sou leiga, na hora de comentar sobre esse tipo de arte. Mas sou gde admiradora, hehee.Consigo, sim,perceber detalhes e os que me agradam aos olhos, consigo comentar, claro, mas sem entrar em detalhes, de especialista, sabe? Quero saber, oq vc quer dizer com "real"? Mas, vou fazer um comentário aqui, os dois são lindos, mas o 2º (a surpresa), brincou mais com minha imaginação,pois achei-o um pouco lúdico, os "embassamentos", deram uma sensação de crescimento na "sala", como se uma distância separasse o 1º dos demais. Sensacional! Prá vc ver, foi assim que enxerguei,hehehe.Me explica e depois mando um comentário de acordo.
Bjos e parabéns.

Paulo Twain disse...

Bem Polly, o real a que me refiro seria o mais fiel à realidade. Se vc estivesse vendo cinco peças de vidro com fotografias atrás, qual dos dois wallpapers se assemelharia mais a esta cena? Cenas em 3D dificilmente ficam sólidas o bastante pra se passarem por reais - as de amadores como eu. Então, resolvi fazer uma experiência com esta postagem: fiz dois wallpapers: no primeiro há uma paisagem real, sem nada de mais, apenas reflexos, refrações, perspectiva comum... e no segundo uma cena com uma perspectiva mais profunda, a mesma que você conseguiria com uma câmera 20mm no mundo real, um esbassado, uma pose menos certa, algo mais lúdico, como vc mesma disse. Então, quero saber qual projeção devo manter: uma mais fiel ou uma mais lúdica. Qual te lembra mais a realidade, ou seja, qual lhe agrada mais?

Paulo Twain disse...

Ah, e obrigado pelo "sensacional" ao segundo - que é meu preferido, hehe.

Postar um comentário

Evite o uso de linguagem não apropriada.