Shania Twain

terça-feira, fevereiro 20, 2007

Concerto da Anistia Internacional - 1998

A 10 de dezembro de 1998, o Estádio Bercy, Paris, foi palco de um dos maiores concertos já organizados pela Anistia Internacional, contando com a presença de vários artistas internacionais e personalidades importantes, como o Dalai Lama, do Tibet, e outros 300 convidados de todo o mundo que lutam pelos direitos humanos. Todos juntos a homenagear os 50 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.


A Anistia Internacional é uma ONG internacional que visa promover os direitos humanos assegurados por leis universais ou internacionais. Seu trabalho começou em 1961, quando foi criada pelo britânico Peter Benenson, e permanece até os dias de hoje garantindo o julgamento justo aos presos políticos, combatendo a tortura e os crimes contra os direitos humanos, dentre outras ações de mesmo sentido. A ONG já recebeu um Nobel das Paz por seus serviços prestados à humanidade.

Em 1988, a Anistia Internacional promoveu uma série de concertos com o lema “Direitos Humanos Já!”, um grande acontecimento musical que marcou época ao comemorar os 40 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Assim como estes, o concerto de 1998 também fez história. Com a participação de Shania Twain, Alanis Morissette, Kassav, Peter Grabiel, Asian Dub Foundation, Bruce Springsteen, Jimmy Page, Robert Plant, Radiohead e Youssou N’Dour, as mais de 16 mil pessoas que estavam no estádio puderam ouvir oito horas de música e ainda contribuir com os trabalhos da Anistia Internacional. Um show deste porte só foi possível graças ao grande empenho dos organizadores e você pode ler mais sobre isso na parte interna do DVD “The Paris Concert for Amnesty International”, que, aliás, é uma peça única com quase 3 horas do espetáculo. Essas informações também podem ser lidas nesta página, numa transcrição feita por mim. O próprio DVD podia ser achado a venda neste link da Submarino, já com legendas em português, inglês e espanhol, mas no momento parece estar em falta no estoque da loja. Quando o comprei, custava por volta de 30 reais, mas hoje só encontrei por estes preços.

No DVD, Shania vem ao palco logo após Jimmy Page e Robert Plant. Carregando um violão enquanto acena ao imenso público, senta-se num banquinho ao centro do palco e diz “É muito bom ver tanta gente junta pela causa dos direitos humanos no mundo todo. Fico feliz por fazer parte disso.” Depois canta lindamente “You’re Still The One” e “Black Eyes, Blue Tears”, música que anteriormente descreveu como uma inspiração às mulheres vítimas de algum tipo de abuso. Vestindo uma roupa preta de couro, ao estilo Come On Over Tour da época, deu sentimento à música andando e interpretando pelo palco, o que contagiou o público e fez uma grande apresentação.
Você pode baixar e curtir estas duas músicas do DVD através dos links abaixo.

Download direto (botão direito > salvar destino como)
Nome: You’re Still The One [Amnesty International].mp3
Tamanho: 4,2MB
Codec: Lame 160kbps
Download

Download direto
(botão direito > salvar destino como)
Nome: Black Eyes, Blue Tears [Amnesty International].mp3
Tamanho: 4,5MB
Codec: Lame 160kbps
Download

Algumas capturas do DVD feitas por mim:


O restante das 30 capturas que fiz você vê nesta página.
Abaixo estão scans que fiz da capa, da parte interna do encarte e do disco:

Há também imagens dos ingressos vendidos ao público para este show:

Espero que tenham apreciado a postagem e que comprem o DVD assim que puderem. :)

Fontes: amnestyusa.org, amnesty.org, wikipedia.org, about-tracy-chapman.net.

P.S.: Devo minha descoberta do DVD à Tainara, quem o me apresentou no final do ano passado.
P.S.2: Fans de Alanis Morissette também gostarão do DVD, pois ela canta três músicas nele.

8 comentário (s):

Tainara disse...

Nossa, esse DVD nem é tão bom, mas, as apresentações da Shania e da Alanis já fazem valer a pena!

caio disse...

primeira vez que comento!!!

será que ainda encontro esse dvd??
fiquei com uma vontade!!! e eu pensando q já tinha todos os dvds q a shania aparece!

Raphael Twain disse...

Ótima idéia de abordagem do post Paulo! Está muito dinâmico e simples de entender!!! Obrigado pelas dúvidas esclarecidas!! Abraços... :)

Raphael Twain disse...

AVISO:

Paulo, só um pequeno aviso. o primeiro botão onde baixamos está escrito "From This Moment On", mas a música é a "You're Still the One", hehe... acho que vc se confundiu!! Desculpe pela intromissão hehe..

Abraços... :)

Paulo Twain disse...

Hauauahau, é vero Rapha. Valeu o aviso! (por isso que é bom ter amigos que comentam).
E obrigado pessoal!

Caio, que bom que vc "aderiu" aos comentários, espero que continue comentando sempre que quiser. Não fique acanhado. é uma pena que este DVD esteja tão caro agora, pois comprei ele por 35 ano passado.

Taty, o dvd tem umas músicas estranhas, mas nem tem ruins assim, heheeh Mas a Shania e a Alanis realmente deram "o" show.

Rapha, eu passei umas boas horas fazendo aquela página lá com as caps e com o texto... um sacrifício ppra ela abrir direito no firefox e no IE (são MUITO diferentes). mas parece que deu certo. Quando precisar de alguma coisa assim, pode falar comigo. e obrigado de novo pelo aviso.

Raphael Twain disse...

hehehe.. legal a ideia da pagina paulo!!! Vou gostar de saber como faz rsrs... Abração e de nada pelo aviso rsrs... ;)

Paulo Twain disse...

nossa, rapha, não me pergunte como eu fiz, pois vc teria de ficar umas boas horas comigo só escutando "No CSS, as tagas HTML têm de ser 'assim', se for 'assado' não dá".... hauahau é bem complicadinho. :/

Je@n C@rlo Tw@in disse...

Excelente post Paulo! Essa apresentação de Shania foi espetacular e por uma causa muito importante, que por sinal deverá voltar a se repetir em agosto desse ano no World Peace, afinal são eventos diferentes, mas com causas parecidas. Acredito que essa apresentação juntamente com a de 11 de fevereiro de 2004, na Up! Tour, também no Bercy Paris, marcam as duas vezes em que Shania sacudiu a França, porém mais na 2ª já que foi um show completo! Vlw pelo post.

Abraços e t+

Postar um comentário

Evite o uso de linguagem não apropriada.