Shania Twain

quinta-feira, fevereiro 11, 2010

Novos vídeos e carta de Shania

Olá pessoal!

Como avisei pelo Twitter (e já estava sendo dito no site oficial e pelos fóruns), Shania publicou mais uma carta em seu site, acompanhada de dois incríveis vídeos pessoais. Todos os três retratam os últimos acontecimentos na vida pessoal e pública de Shania, com detalhes e imagens não antes revelados.

Os dois vídeos estão na página principal do site oficial, mas você pode conferir um deles aqui:






A carta pode ser lida na íntegra através deste link, mas a tradução com a qualidade que vocês já conhecem pode ser conferida logo abaixo:
Saudações a todos,

Estou escrevendo do Caribe, me aquecendo depois de uma gélida temporada no Canadá durante as festas de começo de ano. O tempo ensolarado sempre me inspira a compor. Muitas das canções de The Woman In Me e Come On Over foram compostas nos trópicos, por isso é um bom lugar para ser criativa.

Eu queria mostrar a vocês um pouco das filmagens que Fred fez durante minha viagem a Ontario no Natal e no Ano Novo, então eu fiz uma montagem de vários momentos para compartilhar com vocês.

Tivemos muitos bons momentos, mas os principais foram ficar sentados ao pé de uma árvore cantando velhas canções com a família, aconchegados em roupas quentinhas, não fazendo nada, mas desfrutando uma bela noite junto à fogueira. Estava frio e nevava do lado de lá fora, enquanto dentro estava quentinho e confortável.

Meu primo Kenny e eu cantamos algumas canções, tentando nos lembrar de como elas eram. A imagem ruidosa do vídeo é bem ruim, mas ela é real, e achei que vocês gostariam de ter a autenticidade do mesmo, ainda que seja, a velha qualidade de filme caseiro.

A chance única de carregar a tocha olímpica em sua jornada até Vancouver, BC, para os Jogos de Inverno foi uma oportunidade energizante.

Eu estava preocupada com a duração da caminhada e eu não queria ficar constrangida por chegar sem fôlego ao caldeirão. Descobrimos que estávamos até adiantados, e me pediram para fazer hora e até mesmo parar de vez em quando para não acabar chegando ao caldeirão cedo demais. Quando Eja me viu depois da caminhada, ele disse: "Mamãe, chamamos isso de "a corrida da Tocha Olímpica" porque você deve correr, não andar!". A temperatura era muito baixa, então correr por todo o caminho teria, provavel e ironicamente, me mantido aquecida. Em todo caso, foram incríveis 300 metros e eu vou agracer a honra para sempre.

Outro bom momento foi apresentar um programa nacional de rádio chamado "The Current". O foco da programação foram as crianças carentes. Eu entrevistei Sua Majestada, a Rainha da Jordânia Rania Al Abdullah, que compartilha a vontade de ajudar crianças carentes através da educação em nível internacional. Sua iniciativa é chamada de "1Goal". Ela tem feito coisas maravilhosas no intento de possibilitar uma educação igualitária a todas as crianças do mundo.

Pedi a ela que conversasse conosco no "The Current" para discutir nossos objetivos mútuos, ao vivo, no ar, com a esperança de reforçar essa proposta ao público em geral.

Também entrevistei Raffi, um famoso compositor de músicas infantis que criou o Centre for Child Honouring em Salt Spring Island, BC. Além disso, tive uma conversa com o rapper Cadence Weapon, que tinha uma perspectiva interessante sobre como a música rap pode afetar crianças de uma forma positiva, e falou sobre a interação com as crianças através de sua música poética.

Em um esforço conjunto com a Cruz Vermelha Canadense, que também foi capaz de arrecadar mais de 120.000 dólares para um programa criado para ajudar a educar as famílias pobres a respeito da prevenção da negligência e do abuso infantil.

Também entrevistei dois experts, Katreena Scott, professor do Departamento de Desenvolvimento Humano e Psicologia Aplicada da Universidade de Toronto, e Jeanette Lewis, Diretora Executiva da Associação das Sociedades Estrangeiras de Ajuda à Criança, que compartilham uma visão sobre suas experiências individuais em suas respectivas áreas relativas às crianças carentes. Eles propuseram interessantes pontos de vista sobre as várias questões em torno do assunto.

Vocês irão notar em meu site informações sobre um programa que estou criando pessoalmente para ajudar crianças carentes através da educação - o Shania Kids Can. Vocês podem ler mais sobre o programa clicando em www.shaniatwain.com/shaniakidscan.html

Resumindo, minha viagem de férias de Natal foi completíssima, inspiradora e esclarecedora em muitos aspectos - uma grande variedade de atividades entre as horas com a família, os prazeres da época de inverno, cultura e esporte locais, caridade e música. Espero que vocês gostem da repescagem.

Espero que o seu início de 2010 tenha sido ótimo, e estaremos em contato logo logo com mais novidades sobre o que tem acontecido comigo.

Com amor,

Shania
Parece que Shania continua animada este ano. Acho que nunca estivemos tão perto de um novo CD como estamos agora... rs E Shania não perde o bom humor sagaz de sempre, que eu e-a-torcida-do-flamengo adoramos! rs
E foi legal saber que Shania também usa óculos pra ler! :D Vou deixar o resto dos comentários sobre esta surpresa pra vocês. Se alguém souber o nome de todas as músicas que Shania e seu primo cantaram ao redor da lareira ganha um doce! rs A única que me lembro o nome agora é Hit the road Jack!.

Até mais!

4 comentário (s):

Jhenipher Mondk disse...

Own!...que linda shania nunka se eskece de nos fãns...é por isso que eu a amo cada dia mais...é bom saber que ela esta bem é mto feliz....espero que ela lance o cd logo,e com ele um dvd,uma turnê....assim ela poderia vir para o Brasil...ain que emoção....nossa c ela tah no caribe...bem que ela podia dar uma esticadinha no Brasil.......O Brasil tah tão na moda!..aushaush♥

Anônimo disse...

adorei a noticia.. espero q ela lance o novo cd!! e volta para a midia.. shania te amooo.. estou sonhando com a sua volta... bjuss♥

Laís disse...

bem que ela podia vir dar uma esticadinha no brasil +1 JDASIOJASDOIJASDOIJASDIOJ.
RJ é otimo *OOOO*

Junior D'Angelo disse...

Foi emocionante

Postar um comentário

Evite o uso de linguagem não apropriada.